top of page

Quais os impactos de uma traição para a saúde?


Uma das principais notícias da semana foi a traição amorosa por parte do jogador Neymar.


Quem foi vítima da traição acumula um conjunto de sentimentos negativos, como inferioridade, inconformismo, tristeza, decepção, raiva e vergonha.


Traições amorosas obviamente existem desde que o mundo é mundo, mas, inegavelmente, nos tempos modernos, esta atitude tem sido cada vez mais corriqueira. Muitos fatores contribuem para esta triste realidade, como aspectos culturais, sociais, machismo, soberba, individualismo e valores espirituais frágeis. Independente da motivação, uma traição amorosa pode ser algo muito sério, podendo causar doenças crônicas, comprometimento da saúde mental e favorecer o uso de drogas ilícitas.


Muitas pesquisas mostram que pessoas impactadas por uma traição amorosa podem ver sua estabilidade financeira desmoronar, são pessoas com maior chance de acumular dívidas e empobrecer. Está condição poder ser conhecida por um estado de pobreza, associado ao um estresse após um trauma emocional provocado por uma traição amorosa.


Uma traição amorosa, por desencadear mudanças comportamentais e físicas, aproxima as pessoas da necessidade de buscar ajudar médica e ajuda psicológica. Isto ocorre em vários níveis , como a procura por um dermatologista devido a queda de cabelo e lesões inflamatórias na pele , o gastroenterologista para tratar problemas digestivos frequentes e o cardiologista, devido ao surgimento de arritmias cardíacas e picos de pressão arterial.


No entanto, estas pessoas que estão abaladas emocionalmente, após a descoberta de uma traição amorosa, acabam se distanciando mais dos médicos e profissionais de saúde e aderindo, de forma insuficiente, a qualquer tipo de tratamento. Na verdade, os estudos mostram que as pessoas traídas passam a desenvolver um sentimento de inferioridade muito grande, um padrão de autoestima baixíssimo e uma desvalorização intensa de sua função social.


A constatação de uma traição sempre é muito desagradável, mudando a concepção que a pessoa traída tem em relação a tudo e a todos. Mas sabem qual é o aspecto mais doloroso para uma pessoa que descobriu que foi traída? A impossibilidade de manter o mesmo tipo de relacionamento com o traidor. No caso específico de uma relação amorosa, não podemos esquecer que as pessoas assumem coisas em comum , vivenciam experiências conjuntamente, constituem um núcleo familiar e, de repente, tudo isto simplesmente se fragmenta, com possibilidade remota de juntar os cacos e refazer o processo original.


Pensando em atenuar os impactos negativos de uma traição amorosa, principalmente para manutenção de uma mínima qualidade de saúde física e mental, os especialistas recomendam as seguintes medidas :

  • Não fuja da realidade, procure conhecer detalhes sobre a traição;

  • Escreva tudo o que está sentindo, desabafe de alguma forma através da escrita;

  • Processe suas emoções com a ajuda de um médico ou psicólogo;

  • Estabeleça limites em seus relacionamentos;

  • Reconheça e não abra mão de relacionamentos que sejam saudáveis e construtivos para ambos os lados.


Certamente uma traição amorosa não é apenas uma brincadeira de mau gosto ou simplesmente um escorregão na conduta. As pessoas deveriam se respeitar mais e buscar não deixar que sentimentos de soberba e egoísmo prevalecessem nos seus relacionamentos. Uma traição amorosa pode gerar doenças crônicas, dependência química e fortes abalos na saúde mental; tudo isto é muito sério e mereceria maior conscientização e até mesmo políticas públicas de contenção e orientação. Não se trata de um briga e traição entre pessoas que um dia se amaram; ao contrário, consiste num processo de saúde-doença que pode diminuir o tempo de vida e acarretar expressiva redução da produtividade profissional e intelectual.

16 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page